terça-feira, 28 de agosto de 2007

Havia festa por ali

Havia festa por ali
o enlevo dos corpos
completava-se
nas douradas roupas
que os mesmos trajavam.
Sustentados os egos
em azuis sombras,
na curvatura pronunciada
de falsas pestanas,
os sorrisos, pintados a detalhe,
arqueavam-se
no reconhecimento
das vedetas.
Todos eles
enlaçados numa neblina
de mistérios,
faziam pose
às fotos que aconteciam
planeadas
premeditadas

Passei
olhei, atentei…
E curiosamente
ninguém me reconheceu
......... Tinha pintado o cabelo!

1 comentário:

Manuela Fonseca disse...

Pintaste o cabelo e... inspiraste-me!

Beijinhossssss***