quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Não adormeças


Não adormeças
nas palavras não ditas
nos silêncios propositados,
olhares desvalidos
em malmequer de saudades.
No abraço sentido
ainda não tocado,
- só nas margens deste querer
vou-me entregando
lenta, lentamente
num diálogo consentido
em jardins de rosas
até a noite tocar o sol,
no silencioso desconhecimento
de mim…
Não adormeças
sem que nossas íris se encontrem
e no contiguidade
que o oceano nos promete,
fugitiva não serei
do charme que me ofereces
em tapetes de sedução,
serenatas em forma de seixos lisos
prendas de mar …

…que nos estreita.

9 comentários:

Manuela Fonseca disse...

Não adormecendo nas palavras que se consentem, no toque anseado, eleva-se este poema de mares cortados, esperanças adoptadas e talento que tanto gosto de sentir...

Beijinhos*
Manuela

impulsos disse...

"fugitiva não serei
do charme que me ofereces
em tapetes de sedução,
serenatas em forma de seixos lisos
prendas de mar …

…que nos estreita.
"


Não adormeças
Sem que antes
Ele te aqueça o coração...

Não adormeças
Sem que antes
Te cante uma bela canção...

Não adormeças
Sem que antes
Te sopre um beijo...


... meu!

Paulo Afonso disse...

Olá Amiga Rosinha,


Belo momento de poesia, que pode retratar o desejo e a esperança até aos preliminares do amor…
Mais um grande prazer de leitura!

Beijossssssss de Parabéns

Maria disse...

Excelente poema, Rosa Maria...
Gosto da maneira como escreves
gosto de te ler
e
... não adormeço...

Um beijo na palavra não dita...

Nilson Barcelli disse...

Magnífico poema.

fugitiva não serei
do charme que me ofereces
em tapetes de sedução,
serenatas em forma de seixos lisos
prendas de mar …

... que nos estreita.


Ninguém adormece com poemas como este...

Bfs, beijinhos.

Lúcia Machado disse...

Gosto tanta de a "ler" :)

Adoro vir aqui ao seu "mundo"

Obrigada pelos belos momentos de leitura

beijinho

Um Momento disse...

Não adormeci
Saboreando palavras tão belas
Embalada fiquei
Mergulhando em cada uma delas

Deixo um beijo abraçado, sorrindo a ti
E aproveito para dizer que foi um imenso prazer ter-te(vos) conhecido

Beijo Imenso e votos de um lindo e iluminado fim de semana
(*)

Mi*

Conceição Bernardino disse...

Enquanto escreveres assim de certeza que nunca irei adormecer em antes de sentir estes grandiosos momentos que passo aqui a ler-te.
Beijo
Conceição

Vera disse...

Ninguém adormece com tanta sensualidade e mestria nas palavras Rosinha!
Está lindo!!!

Beijo grande